Curso

Curso de Distúrbios de Aprendizagem e IndisciplinaO último curso, sobre Distúrbios de Aprendizagem e Indisciplina, foi um sucesso, clique aqui e veja fotos. Fique atento para novas datas e temas. Mande sua sugestão de tema.
DISFAGIA - Dúvidas frequentes : PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dra. Thais   

O que é disfagia?
É um conjunto de sintomas e características que afetam a qualidade de *deglutição (*a forma de engolir). A coordenação da deglutição envolve a participação de nervos e músculos da boca, face,garganta (laringe , faringe) até o estomago.

O que é pneumonia aspirativa?
Quando o alimento que entra pela boca, ao ser deglutidoengolido; entra na via aérea (via respiratória).
Ou quando o alimento que vem do estomago por meio do refluxo e vômito é aspirado no pulmão. Ambos podem ocasionar pneumonia aspirativa e levar o paciente à óbito.

Quais as causas mais comuns da disfagia?
Cãncer, acidentes automobilísticos, derrame (acidente vascular cerebral), doenças neurológicas infantis e do adulto, doenças gástricas do recém-nascido, criança ou adulto e até mesmo a retirada de estruturas responsáveis pela deglutição.

Existe apenas  um tipo de disfagia?
Não, existem mais tipos. De acordo com a classificação geral, podemos ter:
Disfagia preparatória oral: dificuldade de obter o alimento, mastigá-lo, misturá-lo com saliva e formar o bolo alimentar.
Disfagia oral: dificuldade em controlar o bolo e transportar para região posterior da boca.
Disfagia faríngea: dificuldade na deglutição quando o alimento está na região posterior da boca e região superior da faringe (garganta). Dificuldade em fechar a aérea (respiração) à deglutição.
Disfagia esofágica: é caracterizada por dificuldade da deglutição quando o alimento já entrou no esôfago.

Como é tratado a disfagia?
Dependendo do grau de compremetimento se fará as escolhas de tratamento. Os seguintes profissionais estão envolvidos no tratamento: fonoaudiólogo, neurologista, pediatra, otorrinolaringologista, gastroenterologista, pneumologista, cirurgião de cabeça e pescoço, oncologista, radioterapeuta, dentista, , nutricionista, enfermeiro, psicólogo; entre outros. OPneumologista, gastro e fono; geralmente participam de todo o processo terapêutico.

Como a Fonoaudiologia trata a disfagia?
 Realizando o Gerenciamento dos distúrbios da deglutição e da alimentação via oral por meio de exercícios terapêuticos, manobras facilitadoras e protetoras das vias respiratórias.
Também  pode participar na realização dos exames complementares dos transtornos da deglutição (videofluoroscopia – exame dinâmico de imagem e nasofibroscopia de deglutição).

O que é alimentação terapêutica?
Quando a disfagia é severa e faz utiização de sondas, o paciente poderá deglutir em situações controladas, geralmente pela fonoaudióloga ou enfermeira treinada pela fonoaudióloga. A alimentação oral será ministrada em quantidade e consistência específica de acordo com a habilidade do paciente. A necessidade nutricional será suprida através da alimentação alternativa (sondas enterais ou gástricas). A medida que o paciente melhora, os membros da família e/ou cuidadores auxiliam nos treinos.

     Se você se identificou com essas dúvidas e possui um conhecido nesta situação; mande suas dúvidas pelo site ou marque uma consulta conosco!!A Bless está pronta para receber sua visita!!! Venha nos visitar.