Curso

Curso de Distúrbios de Aprendizagem e IndisciplinaO último curso, sobre Distúrbios de Aprendizagem e Indisciplina, foi um sucesso, clique aqui e veja fotos. Fique atento para novas datas e temas. Mande sua sugestão de tema.
Não consigo me comunicar direito!E agora?? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dra. Thais   

Afasia, é  por si só a perda da capacidade e das habilidades de linguagem falada e escrita. Podendo ser  a perda parcial ou total da capacidade de linguagem, e de fala, de causa neurológica central decorrentes de AVC (Acidente Vascular Cerebral), lesões cerebrais nas áreas da fala e linguagem. Conforme a extensão e localização da lesão o paciente pode apresentar um ou mais sintomas.

Dentre os sintomas estão a perda total ou parcial da ou das habilidades de: · articulação das palavras; · perda da fluência verbal; · dificuldade de expressar-se verbalmente; · dificuldade em nomear objetos; repetir palavras; contar; nomear por exemplo os dias da semanas, meses do ano; ou ainda perda da noção gramatical; · interpretar o que ouve, é como se a pessoa mesmo ouvindo, ficasse "surda" para as palavras, não reconhecendo o significado das mesmas.

Muitas vezes consegue perceber alguma palavra e deduz o restante da comunicação; · ler; · escrever; · organizar gestos de forma a representar ou comunicar o que quer. Por exemplo o paciente não consegue com gestos mostrar o que deseja comer ou indicar que deseja comer.

 

A Afasia é classificada e trabalhada conforme sua localização:

Existem peculiaridades que diferenciam as afasias e proporcionam ao médico uma determinação da topografia da região afetada, independente da causa, portanto podemos dividi-las em:

Afasia de Broca

A afasia de Broca caracteriza-se por grande dificuldade em falar, porém a compreensão da linguagem encontra-se preservada. Essa síndrome é também dita como afasia não fluente, de expressão ou motora: os pacientes conseguem executar normalmente a leitura silenciosa, mas a escrita está comprometida. Esses pacientes possuem, ainda, fraqueza na hemiface e membro superior direito (devido à proximidade das regiões afetadas pelo distúrbio circulatório). Os pacientes têm consciência do seu déficit e se deprimem com facilidade (frustração). Entretanto, o prognóstico é bom quanto à recuperação de parte da linguagem falada, embora sejam necessários meses para a realização de uma fala simples, abreviada, ainda que não fluente.

Afasia de Wernicke

A afasia de Wernicke caracteriza-se por dificuldade na compreensão da linguagem, a fala é fluente e faz pouco sentido. Essa síndrome é também denominada afasia fluente, de recepção ou sensorial. Diferente dos pacientes com afasia de Broca, os pacientes com essa síndrome começam a falar espontaneamente, embora de modo vago, fugindo do objetivo da conversa. Pode existir parafasias, isto é, uma palavra substituindo outra, como chamar uma colher de garfo (parafasia literal), ou um som substituindo outro, como ao chamar uma colher de mulher (parafasia verbal); geralmente, não apresentam fraqueza associada, os pacientes não se dão conta de seu déficit e a recuperação é mais difícil.

Afasia de Condução

Na afasia de condução, a compreensão está relativamente preservada e a fala é fluente e espontânea. Existe, entretanto, incapacidade de repetir palavras corretamente.

Afasia Global

Afasia global é a perda de todas as capacidades de linguagem: compreensão, fala, leitura e escrita, sendo causado geralmente por um infarto completo no território da artéria cerebral média esquerda; os pacientes, sendo assim, também apresentam geralmente hemiplegia direita (total perda de força no lado direito do corpo), além de demência associada; o prognóstico é mais reservado.

O tratamento consiste na estimulação e treino de linguagem, percepção visual e auditiva, treino articulatório, de leitura, fala, memória e atenção. Visa estimular o cérebro de forma global pela ginástica cerebral e de forma focalizada na fala e linguagem.

Marque sua avaliação;agende conosco!